Um guia para gerenciamento de projetos para serviços profissionais

De acordo com um relatório recente , a América do Norte e a Europa Ocidental representavam dois dos maiores mercados de serviços profissionais do mundo. Ano após ano, o setor de serviços profissionais continua a crescer nesses mercados e em regiões ao redor do mundo , ao escolher os melhores prestadores de serviço

Mas, o que são serviços profissionais? Quais são os desafios que essas indústrias enfrentam? E quais ferramentas as empresas podem utilizar para agregar mais valor aos clientes e stakeholders?

No Wrike, sentimos que é importante que as equipes de todos os setores possam usar nossas ferramentas para crescimento, produtividade e para enfrentar os desafios de um mercado em constante mudança com foco no cliente.

Neste guia de gerenciamento de projetos para serviços profissionais, oferecemos uma visão geral do setor em geral, bem como alguns dos desafios e ferramentas que as organizações de serviços profissionais devem conhecer.

Imagem
O que são Serviços Profissionais?
Serviços profissionais é um termo amplo que se refere a qualquer negócio ou departamento cuja saída principal seja um serviço ou conhecimento específico, em vez de um produto manufaturado. Exemplos disso incluem contabilidade, publicidade e marketing e serviços jurídicos.

Os consultores também são considerados como trabalhando no setor de serviços profissionais, mais uma vez, porque estão oferecendo seus conhecimentos.

Serviços profissionais independentes versus incorporados
Muitas empresas de serviços profissionais são externas e, portanto, independentes das empresas com as quais trabalham. Essas empresas são chamadas de organizações independentes de serviços profissionais. A alternativa para isso seria uma equipe de serviços profissionais integrada.

Embora as empresas de serviços profissionais independentes existam em grande parte fora da estrutura interna formal de uma empresa, uma equipe de serviços profissionais incorporada pode ser considerada parte de uma organização maior.

As equipes de PS neste cenário são menos orientadas pela “satisfação do cliente” e mais orientadas por KPIs e métricas que representam os interesses mais amplos de uma organização.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *